Bancários de Blumenau em luta

Publicado em: 01/10/2011 às 21:59
Bancários de Blumenau em luta

Informe

O Fórum dos Trabalhadores de Blumenau e a Intersindical- Instrumento de Luta e Organização da Classe Trabalhadora estão juntos na luta dos bancários que iniciaram greve no dia 27 de setembro.

A categoria em nível nacional está em greve reivindicando aumento real nos salários e melhores condições de trabalho. Enquanto os banqueiros lucram milhões apoiados pela política do governo federal, os bancários amargam arrocho salarial e a piora das condições de trabalho.

Ritmo de trabalho intenso, pressão, assédio moral, terceirizações são a realidade da categoria, além disso, tanto os bancos privados, como os públicos espalham o atendimento bancário em agencias lotéricas e supermercados para demitir e precarizar as condições de trabalho do conjunto dos trabalhadores que exercem atividades bancárias.

Em Blumenau 37 agencias bancárias estão fechadas, os trabalhadores junto com a direção do Sindicato estão firmes na greve que se soma a mobilização nacional. Como sempre os banqueiros tentam impedir o movimento, o Banco Bradesco recorreu ao Judiciário para ter um interdito proibitório, mas não conseguiu alcançar seu objetivo.

A direção do Sindicato dos Bancários além de organizar a luta a partir dos locais de trabalho da categoria, está presente nas mobilizações do conjunto dos trabalhadores, seja em Blumenau ou em outras regiões.

Da mesma forma o Fórum dos Trabalhadores em Blumenau e a Intersindical estão presentes na greve da categoria bancária, pois sabem que independente da categoria onde trabalhamos, nossa luta deve ser a luta do conjunto da classe trabalhadora.

Já outros sindicatos parceiros dos patrões e dos governos, além de se ausentarem da luta, fazem de tudo para tentar frear o movimento dos trabalhadores. Como camaleões alguns desses sindicatos se travestem num discurso combativo, mas na realidade sua pratica é inversa, além de priorizar seus interesses partidários, como são aliados do Capital e de seus governos estão dispostos a aceitar a redução de direitos e salários dos trabalhadores.

A resposta dos trabalhadores aos ataques dos patrões, dos governos e de seus aliados no movimento sindical é a intensificação da luta: No estado de São Paulo os Metalúrgicos organizados na Intersindical que também estão em campanha salarial conseguiram com greves e mobilizações reajustes nos salários entre 10 a 15% e ampliação dos direitos, em várias regiões do país os trabalhadores na construção civil que estão nas obras do PAC cruzaram os braços em greves exigindo melhores condições de trabalho e aumento salarial, os trabalhadores na educação fizeram greves grandes e longas e os trabalhadores no Correios também estão mobilizados por aumento salarial, melhores condições de trabalho e contra a proposta do governo federal que quer privatizar os Correios.

Os Bancários de Blumenau se somam com sua mobilização à luta geral do conjunto da classe trabalhadora e o Fórum dos Trabalhadores de Blumenau junto à Intersindical está firme em mais essa luta por nenhum direito a menos e para avançar nas conquistas.

 

Deixe uma resposta