Ativismo é coisa séria!

Por Filipe Meirelles.*

No começo de junho, a Anistia Internacional lançou a campanha “Rio 2016: A Violência não faz parte desse jogo!”. Sabemos que o número de vítimas decorrentes de operações policiais – sejam elas civis ou os próprios policiais – não para de crescer. Porém, é no contexto de grandes eventos que, sob o argumento da segurança e da ordem pública, esses índices tornam-se ainda mais alarmantes.

Desde então, ativistas voluntá[email protected] de todo o Brasil têm se mobilizado dia e noite, com ações de rua, fotos e flashmobs – de segunda a sexta e aos finais de semana. Estamos em feiras, praças, escolas, universidades, eventos de rua e festivais. Dialogamos com pessoas de diferentes realidades, buscando quebrar o ciclo de apatia em relação às violações de direitos da nossa juventude negra e periférica.

ENTRE EM AÇÃO!

Como ativista e mobilizador, sei que a tarefa não é simples, mas sei também que cada assinatura e cada gesto de empatia traz mais poder ao nosso discurso, pois temos a autoridade das ruas. Isso me dá forças para seguir adiante e pressionar por uma política de segurança pública que respeite os direitos humanos.

De São Luís a Porto Alegre, estamos nas ruas, doando nossa voz a esse grande movimento por um mundo melhor e mais seguro para todas as pessoas. Se você quiser somar a sua voz à nossa para que possamos falar mais alto, assine nossa petição. Chega de violência!

*De Anistia Brasil <[email protected]>

Filipi

Filipe Meirelles
Coordenador de Ativismo
do Rio de Janeiro
Anistia Internacional Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.