Assembleia estudantil para discutir ocupação é realizada na UFSM, campus Frederico Westphalen

15057910_1220509728021880_383162403_n
Estudantes da UFSM-FW realizam assembleia para discutir a possibilidade de ocupação. Foto: Julia Saggioratto.

Por Julia Saggioratto, para Desacato.info. 

Em assembleia estudantil realizada nesta quinta-feira, 10, na Universidade Federal de Santa Maria, campus Frederico Westphalen, maioria vota contra a ocupação do espaço, aprovando somente assembleia com representantes dos diretórios acadêmicos dos cursos, professores e técnicos para apresentar a decisão tomada pelos estudantes e discutir as próximas ações. A ocupação, proposta por parte dos estudantes, teria como objetivo manifestar a contrariedade dos acadêmicos ao projeto do atual governo golpista de Michel Temer, que inclui a PEC 241, agora PEC 55 no senado e a MP 746, por exemplo. Antes desta assembleia, que teve presença de estudantes de vários cursos da UFSM, o diretório acadêmico de Agronomia já havia lançado nota em sua página no facebook se manifestando contrário a ocupação.

Na nota o diretório se mostrava contrário  à “ocupação forçada dos espaços públicos da Universidade Federal de Santa Maria” e, contraditoriamente, logo em seguida, chamando para participar da assembleia de hoje, espaço organizado para, então, decidir sobre a possibilidade de ocupação. Entre os argumentos contra a ocupação, o DA justifica, na nota, que “tais atitudes iriam interferir no direito de livre arbítrio de todos os alunos, e atrasaria o andamento de todos os trâmites necessários para prosseguimento de atividades como: cumprimento do calendário letivo e processos de formatura”.

Apesar de a ocupação não ter sido aprovada por todos os estudantes, o diretório acadêmico dos cursos da comunicação, DACOM, se manifesta a favor e evidencia a necessidade da ocupação pois acredita que as decisões da PEC 55 são um retrocesso para os principais setores da sociedade, como comenta Letícia Stasiak, integrante do DA: “nós seremos os principais afetados com isso e não podemos esperar a aprovação da PEC sentados/as. Marcamos uma assembleia com os/as estudantes de Jornalismo e Relações Públicas para quarta-feira, [16] juntamente com os professores para saber o posicionamento dos/as estudantes sobre a aprovação da ocupação”. Letícia ainda menciona que mobilizações serão feitas caso a ocupação seja aprovada para que a atividade seja o mais educativa e inclusiva possível.

Você precisa estar logado para postar um comentário Login