Assembleia estadual do magistério aponta que a luta continua

Publicado em: 16/03/2017 às 19:01
Assembleia estadual do magistério aponta que a luta continua

Cerca de dois mil trabalhadores/as em educação do Estado de SC participaram da Assembleia Estadual do SINTE/SC ontem, dia 15 de março, data também da Greve Geral Nacional da Educação, que mobilizou mais de 1 milhão de professores em todo Brasil.

O encaminhamento tirado no Conselho Deliberativo, em fevereiro na cidade de Joaçaba/SC, foi de que seguiríamos a agenda da CNTE com greve deflagrada dia 15/03 e calendário de mobilização com início dia 20/03. O objetivo era para que as lideranças mobilizassem a base, pais, alunos e realizassem assembleias regionais. Na assembleia estadual a categoria decidiu pela greve, porém, votaram pela realização de nova Assembleia em 10 dias, pois justificam que é necessário esse período para construção do movimento junto aos profissionais do magistério, escolas e regionais.

O SINTE/SC ressalta que a posição da entidade era pela deflagração da greve imediata, entretanto, alguns grupos políticos fizeram uma contra proposta, adiando o movimento, agenda que acabou sendo aprovada com votação apertada.

Destacamos que vamos continuar mobilizando a categoria contra a Reforma da Previdência e trabalhista, pelo Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN), pagamento das nossas perdas salariais e anistia das faltas, pois estamos vivendo um momento de ataques aos direitos dos/as trabalhadores/as e esta é a hora da lutar.

Convocamos as Regionais para que façam o debate em suas bases, que informem a categoria sobre as perdas que teremos com as reformas e a necessidade de uma greve geral no país para barrar os ataques dos Governos Temer e Colombo. Também é necessário discutir a pauta estadual, visto que, o magistério catarinense vem sofrendo sucessivas ofensivas contra seus direitos, fomentado pelo Sr. Secretário da Educação, Eduardo Deschamps, como as leis 668/15 e 16.861/15,  que destruiu o plano de carreira em 2015 e o não pagamento do reajuste do Piso na Carreira,  que acarretou em grandes perdas salariais.

A categoria do magistério sempre foi vanguarda na luta por direitos, não será agora que vamos nos ausentar, esta data mostrou que a educação através da CNTE e Sindicatos filiados, trouxeram a mobilização da classe trabalhadora para pauta nos meios de comunicação e das demais categorias que entenderam este dia como parte de uma luta maior, que está ganhando corpo dia após dia.

Para ver as fotos  acesse: http://sinte-sc.org.br/mobilizacao/assembleia-do-dia-1503-aponta-que-a-luta-continua/

Graciela Caino Fell

Jornalista

Assessora de Imprensa SINTE/SC

Reg. Profissional: 4455sc

Contato: (48) 91549644 ou 3212-0306

[email protected]

Deixe uma resposta