As faces de “Haiti – Bombagai”

1 modPor Clarissa Peixoto

Um conjunto de fotografias exposto na Fundação Cultural Badesc, neste mês de maio, revela as faces do Haiti um ano depois do terremoto que assolou o país em 2010. No entanto, quem espera encontrar retratos de uma nação devastada vai se surpreender com as 39 imagens produzidas pelo fotógrafo Radilson Carlos Gomes.

As fotografias foram feitas em 2011, durante o período em que o fotógrafo compôs a equipe humanitária do Ministério da Saúde naquele país, com o objetivo de capacitar agentes de saúde para a implantação de um protocolo de atendimento a vítimas de violência sexual. Radilson era responsável por ministrar oficinas de fotografia. Nos horários livres, captou cenas da rotina de reconstrução do povo haitiano.

O motivo da viagem entra em contraste com as imagens apresentadas na exposição “Haiti – Bombagai”. Se, por um lado, as marcas de uma catástrofe são permanentes, elas também permitem novas construções de sentidos quando enxergarmos outras faces da realidade. A partir dessa percepção, me parece que a experiência fotográfica de Radilson no Haiti tem um olhar para a perspectiva, para as pessoas em movimento e para o vigor humano diante do desejo de continuidade da própria história.

 

2 mod

 

 

“A beleza ou riqueza do país estava ali, diante das minhas lentes. Em cada clique um sorriso, um gesto, um olhar profundo e muita altivez”. Nas palavras do artista, a síntese do conjunto de imagens que documenta de forma muito delicada o cotidiano que se reorganiza. É um olhar para a coisa boa, mesmo que numa situação de profunda dificuldade, como sugere a palavra-título Bombagai: “gente boa, coisa boa”.

3 mod
Abertura da exposição, em 14 de maio

 

Radilson Carlos é fotógrafo desde 1986 e servidor do Ministério da Saúde em Florianópolis. Conheça o trabalho dele em: www.radilsongomes.com.br

Serviço
Visitação até 12 de junho, de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h.
Onde: Espaço 2 da Fundação Cultural Badesc
(Rua Visconde de Ouro Preto, nº 216 – Centro –Florianópolis)
Entrada gratuita

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.