Artigas, um caminho

Publicado em: 07/06/2017 às 11:03
Artigas, um caminho

Por Raul Fitipaldi.

“Artigas, um caminho”, de Elaine Tavares, é um documentário que percorre a estrada épica do Protetor dos Povos Livres, José Gervasio Artigas, líder e ícone da independência oriental e apresenta o trajeto que durante quase 600 km recorreram Artigas e seu Povo, de Montevidéu até Concórdia, na atual Argentina.

fallecio-jose-gervasio-artigas-600x310

Elaine Tavares resume em 35 minutos, com entrevistas, belas paisagens e grande sensibilidade jornalística, o Êxodo Oriental, ou melhor, a Redota, nome dado pelo povo da Banda Oriental àquela gesta histórica que, iniciada em 23 de outubro de 1811, construiu o caminho da independência uruguaia.

É nesse momento resgatado pela jornalista e escritora que começam os processos libertários do Sul das Américas. A luta pela Reforma Agrária, a luta dos pobres do campo e das periferias, dos indígenas, dos negros e pardos, marchando em retirada estratégica, tão dolorosa como genial, para organizar a vitória final contra o dominador espanhol e as oligarquias nascentes.

“Artigas, um caminho” se oferece como um audiovisual leve, informativo e didático, que recolhe, na história desta região da Pátria Grande, o instante exato em que nossos povos do Sul, tomaram consciência de sua capacidade para conquistar a liberdade e derrotar a opressão.

O vídeo será apresentado no Festival Audiovisual do Mercosul, o FAM, dia 21 de junho, na sessão de documentários que começa às 16h e 30min. Artigas, um caminho será projetado junto com o documentário Som dos Sinos, de Marina Thomé e Marcia Mansur.

Ficha técnica:
Roteiro e direção: Elaine Tavares
Direção de fotografia e edição: Rubens Lopes
Som direto: Paulo Renato Venuto
Assistente de câmera: Antônio Martins
Duração: 31’54”

Deixe uma resposta