Após FriboiGate, Congresso cria CPI para investigar JBS

2017-05-31 10:55
Em pronunciamento, senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO).  Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Em pronunciamento, senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO).
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O ato de criação da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) da JBS foi lida na noite desta 3ª feira (30.mai.2017) em sessão do Congresso Nacional. Os líderes dos partidos na Câmara e no Senado deverão indicar nomes para compor o colegiado, formado por 16 deputados e 16 senadores –além de o mesmo número de suplentes.

Os comandantes da CPMI deverão ser o deputado Alexandre Baldy (PTN/Podemos-GO) e o senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO). Eles foram os principais autores do pedido de instalação da comissão. Ataídes deverá ser o presidente e Baldy, o relator.

A investigação deverá ser concentrada em torno de empréstimos tomados pela J&F, controladora da JBS, junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Também serão apuradas operações dos donos da empresa no mercado de câmbio e na Bolsa. Ainda será alvo de investigação o acordo de delação premiada de pessoas ligadas à JBS.

Fonte: Poder 360.

Deixe uma resposta