Aluna da UnB é espancada por sete pessoas por segurar a mão da namorada

Em nota divulgada na segunda-feira (5), o Departamento de Antropologia repudiou atos de violência e disse estar empenhado em lutar contra ações de preconceito dentro e fora da universidade.

Foto: Divulgação/Via Revista Fórum.

Uma estudante da Faculdade de Antropologia da Universidade de Brasília (UnB) foi espancada por sete pessoas na quinta-feira (1º) durante uma happy hour no Câmpus Darcy Ribeiro, na Asa Norte, em Brasília. O espancamento teria sido motivado por homofobia, quando a estudante andava de mãos dadas com a namorada.

Em nota divulgada na segunda-feira (5), o Departamento de Antropologia repudiou atos de violência e disse estar empenhado em lutar contra ações de preconceito dentro e fora da universidade.Segundo o departamento, este não foi um ato isolado de violência direcionada às minorias no câmpus. “Nós nos solidarizamos com as estudantes e incentivamos que sejam feitas denúncias de atos de intolerância e violência. Reiteramos que a universidade é um espaço aberto e de liberdade e deve seguir sendo. Nosso esforço tem que ser por desfazer a violência no seu âmago.”

A direção do Instituto de Ciências Sociais, do qual faz parte o DAN, se manifestou por nota, em solidariedade às alunas. “Tais atos não podem ser tolerados e nos empenharemos para evitar que se repitam”, declarou. O caso está sendo acompanhado de perto por uma professora, mas, como a aluna está muito traumatizada, no momento, nenhuma das duas vai se pronunciar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.