Aleida Guevara na nossa União da Ilha da Magia

Publicado em: 03/03/2011 às 18:30
Aleida Guevara na nossa União da Ilha da Magia



Por Celso Martins.

Filha do Che Chevara pula Carnaval em Florianópolis

A médica cubana Aleida Guevara March vai estar em Florianópolis prestigiando o desfile da escola de samba União da Ilha da Magia que, esse ano, vai levar à Passarela Nego Quirido o samba-enredo “Cuba Sim! Em nome da verdade”. Ela chega no Aeroporto Internacional Hercílio Luz na sexta-feira, 5 de março, às 7 horas, acompanhada do cônsul-geral de Cuba em São Paulo, Lázaro Mendes Cabrera. A escola está preparando uma recepção calorosa, com a presença da Bateria da UIM e passistas.

Entrevista coletiva
Às 15 horas, Aleida concede entrevista coletiva à imprensa na sede da escola, na Estação UIM, localizada na rua Afonso Delambert Neto 315 (sala 20), ao lado do Terminal Integrado da Lagoa da Conceição. No dia do desfile, sábado 5, toda sua programação vai ser dedicada à escola e aos preparativos de sua participação.

Agenda
Além de participar do desfile, Aleida vai cumprir uma agenda de debates e encontros com diversos setores da sociedade. Na quarta-feira, 9 de março, será realizada uma palestra em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia anterior. Ela vai falar sobre “O papel da mulher na transformação social”, no Teatro Álvaro de Carvalho, às 19 horas.

No mesmo dia, às 13h30, a médica pediatra também vai fazer uma palestra no Hospital Infantil Joana de Gusmão (Itacorubi).

Na Faculdade Municipal de Palhoça, o debate vai ser sobre “A inserção da mulher na América Latina”, na sexta 5, às 19 horas.

Breve biografia
Aleida Guevara March é a filha mais velha de Che Guevara e de esposa Aleida March e tem duas filhas. Como o pai, é médica, mas especializada na área de alergia infantil, atendendo a consultas no Hospital Pediátrico William Soler, em Havana. Morou na Nicarágua por um ano e na Angola durante dois anos, cumprindo missão internacionalista de apoio em saúde.

É militante do Partido Comunista Cubano e colaboradora do Instituto Cubano de Amizade aos Povos (ICAP). Nos últimos anos, se dedica a promover as relações entre Cuba e os povos do mundo.

Samba-enredo
É a primeira vez no Brasil que uma escola de samba faz homenagem a Cuba. A identidade com a Revolução Cubana é evidente em cada segmento da escola, desde a música que conduz o samba-enredo até as fantasias, passando pelas camisetas de propaganda e o discurso em defesa da autodeterminação cubana.

Para desenvolver o tema, uma delegação da escola e da Associação Cultural José Martí de Santa Catarina visitaram Cuba em julho do ano passado para conhecer melhor o país e trocar experiências culturais com autoridades cubanas da área. O grupo conheceu museus, monumentos históricos e casas de shows.

Agenda de Aleida Guevara

4.3 (sexta-feira)

7h15 – Chegada no Aeroporto Hercílio Luz e recepção da Bateria da União da Ilha da Magia

11h – Visita a Passarela Nego Quirido

15h – Entrevista Coletiva na Estação UIM

19h – Palestra “A inserção da Mulher na América Latina”, na Faculdade Municipal de Palhoça

5.3 (sábado)

22h – Desfile das escolas de samba, na Passarela Nego Quirido

7.3 (segunda-feira)

10h – Visita ao condomínio Che Guevara, em Tijucas

15h – Apuração do Carnaval, na Passarela Nego Quirido

8.3 (terça-feira)

9h – Reunião com lideranças populares

17h – Ato em defesa da Lei Maria da Penha, na Praça XV de Novembro

20h – Desfile das escolas campeãs

9.3 (quarta-feira)

13h30 – Palestra sobre pediatria no Hospital Infantil Joana de Gusmão, R. Rui Barbosa, 152 – Agronômica

19h – Palestra “O papel da mulher na transformação social”, no Teatro Álvaro de Carvalho, Centro

2 Comentários para "Aleida Guevara na nossa União da Ilha da Magia"

  1. urda alice klueger   07/03/2011 at 12:17

    Já tive a oportunidade de estar com Aleida Guevara em duas outras ocasiões, e não me conformo por não poder estar em Florianópolis agora. Ela é um ser humano fascinante!
    Urda Alice Klueger

    Responder
    • raul   07/03/2011 at 13:49

      Tem sido um carnaval histórico para nossa bela e rebelde desterro.

      Responder

Deixe uma resposta