Adiamento da Feira Estadual da Reforma Agrária, Agricultura Familiar, Camponesa e Economia Solidária

NOTA OFICIAL:

Os movimentos da Via Campesina e entidades da Agricultura Familiar e da Economia Solidária responsáveis pela organização da Feira Estadual da Reforma Agrária, Agricultura Familiar, Camponesa e Economia Solidária, programada para 16 a 18 de abril de 2020, em Florianópolis/SC, vêm a público informar a decisão de adiamento do evento.

A decisão segue e respeita os PROTOCOLOS DE SAÚDE PÚBLICA orientados neste momento para grandes aglomerações de pessoas, em decorrência do aumento de casos relacionados à contaminação pelo vírus Covid-19 (coronavírus) e do alto poder de propagação em locais onde ocorre multiplicidade de contatos.

A decisão é pautada no COMPROMISSO que estes movimentos e entidades têm com a VIDA do povo. Somos movimentos e entidades historicamente pautados pela soberania alimentar, por alimentos sem veneno, produzidos e comercializados levando em conta a SAÚDE DA POPULAÇÃO.

A produção da Agricultura Familiar, Camponesa, dos Assentamentos da Reforma Agrária e da Economia Solidária procura oferecer à população produtos agroecológicos, livres de veneno, e que vêm construindo uma lógica de produção coletiva, inclusiva, contando de fato com a participação de trabalhadores e trabalhadoras no processo produtivo de alimentos saudáveis. Entendemos que assim como alimentar, comer também é um ato político . E dentro desses parâmetros é parte da construção da soberania alimentar necessária a todos os povos.

Neste momento histórico, nosso dever é garantir o cumprimento de protocolos que visam prevenir a proliferação do vírus e, sobretudo, pautar o debate sobre a SAÚDE . Para nós, mais do que a ausência de doença, ser saudável é estar livre de qualquer forma de opressão e exploração dos seres humanos e da natureza . Desse modo, se faz necessário um projeto de sociedade livre, justa e democrática, fato que atualmente demanda a intensificação da luta por INVESTIMENTO NAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE e a contínua DEFESA INTRANSIGENTE DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE , o nosso SUS .

No campo e na cidade, o povo trabalhador mais fragilizado e exposto ao cotidiano de luta pela sobrevivência, principalmente em um momento de precarização das leis trabalhistas, assim como as populações mais vulneráveis, TÊM O DIREITO do atendimento no SUS e ainda mais em um momento como o que vivemos.

Defendemos que, para proteger a população na pandemia do coronavírus é necessário que de imediato o Governo Federal e o Congresso Nacional:
– Descongelem os recursos para a Saúde represados pela Emenda Constitucional 95, a conhecida “Emenda do teto de gastos”, o que representaria um aporte de cerca de R$ 21 bilhões ao SUS;
– Fortaleçam o trabalho das equipes de Saúde na Família e suspendam imediatamente a Portaria 2.979/19, de forma a manter normalmente o repasse de recursos do SUS aos municípios;
– Fortaleçam o trabalho das instituições de pesquisa e laboratórios públicos;
– Garantam a oferta de leitos de UTI de forma a proteger a população de possíveis danos à saúde causados pelo COVID-19;
– Adotem um protocolo único de proteção à população, englobando aspectos como quarentena, deslocamentos, aglomerações, funcionamento de escolas, comércio etc;
– Trabalhem pela cooperação com outros países em busca de informações técnicas, recursos e possibilidades de assistência para enfrentar a pandemia no país;
– Determinem estabilidade no emprego e manutenção dos salários no setor público e privado pelo tempo que durar a pandemia.

Repudiamos a omissão do Presidente da República, e de vários quadros deste atual Governo Federal, quanto à falta de adoção de cuidados para o não contágio de pessoas com quem mantêm contato, expondo as mesmas e desestimulando a população aos cuidados definidos pelos agentes da saúde.

Comunicamos que a Feira Estadual da Reforma Agrária, Agricultura Familiar, Camponesa e Economia Solidária será realizada em nova data a ser divulgada considerando a segurança da população .

Cooperativa Central de Reforma Agrária de Santa Catarina – CCA
Via Campesina – SC
Fetraf – Sul/CUT
UNICAFES/SC – União Nacional de Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária
Fórum Catarinense de Economia Solidária

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.