A volta de “Uma Noite e Meia”, de Renato Rocketh

Divulgação

Você pode nunca ter ouvido falar em Renato Rocketh, mas – se você é brasileiro e habita o planeta há trinta anos ou mais – com certeza já ouviu a sua canção “Uma Noite e Meia”, aquela em que a cantora Marina Lima começa com os versos: “Vem chegando o verão, um calor no coração, essa magia colorida, são coisas da vida”.

Dividindo os vocais com ela, o próprio compositor entrava logo a seguir, com a sua voz potente, suingue funqueado, carregado nas tintas do R&B e da black music. Contrabaixista da banda de Marina na época, Renato ganhou com o seu talento a deferência de dividir a gravação que foi o hino do verão de 1987 e de muitos outros que vieram a partir dele, a começar pelo próximo, ao que tudo indica.

A canção volta, depois de mais de trinta anos, para a abertura da próxima novela das sete que estreia na Rede Globo, e vai se chamar “Verão 90 Graus”. Em entrevista exclusiva, Renato não soube explicar se a gravação será a mesma de Marina. “Assinei várias autorizações, para versão original, versão remix, não sei o que eles vão fazer”, disse.

Na década de 80, Renato foi parar na banda da Marina. “Era um sonho de garoto. Eu morava em São Gonçalo e ouvi, em uma serraria, uma canção chamada “Fullgás” e quando veio o solo era o Liminha, era um solo de baixo! Ai eu pensei: ‘ela deixa o baixista solar’, então eu desejei tocar com ela. Algum tempo depois eu entrei pra banda”, disse.

Foto: Divulgação

Ao descobrir que Marina produzia artistas, Renato conta que mostrou a canção “Uma Noite e Meia” e ela se encantou. “Na mesma noite a cantou no show. Depois ela quis gravar. Eu disse que pretendia gravar no meu primeiro disco. Ficou aquele impasse e então ela resolveu me convidar pra colocar a voz no disco dela e eu aceitei prontamente”, conta.

Foto: Divulgação

O disco “Virgem”, de Marina Lima que trazia a famosa versão da canção, vendeu mais de 500 mil cópias. “Uma Noite e Meia” tem aquele sabor inexplicável do sucesso. Com harmonia decrescente e melodia ascendente, a canção explode qualquer salão. É alegre, descompromissada, repleta de brasilidade e se adapta a várias formas de execução.

Recentemente, Renato regravou a canção com a cantora francesa Valerie Lu em versão reggae. Nela, ele faz a parte em português e ela em francês. Da França, Renato circulou pela Itália, onde tocou em várias cidades.

A respeito do resgate de canções que tem ocorrido nas trilhas de novelas da Rede Globo, o compositor atribui isso ao novo diretor musical da emissora, o lendário tecladista da banda A Cor do Som, Mu de Carvalho. “Ele está retomando as canções dessa fase, da nossa geração. Ele tem um excelente gosto musical e, por conta disso, as trilhas têm mudado. Ele está cheio de ideias”, comemora.

Renato Rocketh tem vários projetos e a retomada de “Uma Noite e Meia” veio a dar mais gás ainda à sua carreira. Da sua discografia, vale correr também atrás do álbum “Noite Carioca”, gravado na Itália, em 2015, com a participação de Alessandro Napolitano (bateria), Eric Mariental (sax), Eddy Palermo (guitarra) e Umberto Pappadia.

Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.