Guigo Ribeiro é ator, músico e escritor.

A OUTRA REFLEXÃO

Monólogos Cotidianos – É moleque, mas sabe o que faz

Por Guigo Ribeiro, para Desacato.info. - Ué... roubou? Matou? Fez merda? Vai ter que pagar! Tá na hora de parar de história que é menino, que é jovem e não teve oportunidades. Afinal... as oportunidades são iguais pra todos! Todos! Todos são iguais! Não sei como...

Monólogos Cotidianos – Pena de Morte

Por Guigo Ribeiro, para Desacato.info. - Galera fica se iludindo que pena de morte ia resolver a problema de criminalidade... é o ápice da irracionalidade, bicho. Você imagina que num mundo em que se gosta tanto de matar, que a morte é um mercado lucrativo...

Monólogos Cotidianos – Frágil

Por Guigo Ribeiro, para Desacato.info. - A parte mais complicada não é ser frágil. A parte complicada é não poder ser frágil. E por vários fatores. Me ocorrem dois. Primeiro que lá fora tem um mundo cão gritando pra usar a força o tempo todo....

Monólogos Cotidianos – O Voto

Por Guigo Ribeiro, para Desacato.info. - Dizem que política e religião não se discute. Eu concordo! Se fala de Deus, cada um tem o seu. Se fala de partido, cada um tem o seu. Pra quê? Eu tenho o que eu acredito e ponto. Não...

Monólogos Cotidianos – O Convertido

Por Guigo Ribeiro, para Desacato.info. - O que me ocorre hoje é ter muita vergonha! Vergonha do que eu era, do que eu pensava, como eu agia. Não entendia que havia algo maior escrito pra minha vida. Vivia em pecado. Sujo. Promíscuo. De quando resolvi...