A eleição 2012 em Palhoça/SC

 Por Lidiane Ramos Leal.

[…] Nesta terra aprendi a viver;
Nesta terra aprendi a amar.
Defendendo-a não temo morrer […]

(Trecho do Hino de Palhoça – Roberto Kel)

 

Diante de tumultos e discussões, foram finalizadas as convenções partidárias que elegeram os candidatos a prefeito de Palhoça. Se não houver nenhum imprevisto, três candidatos e suas respectivas coligações vão concorrer à eleição municipal para, finalmente, ocupar o lugar do Ronério (PMDB).

O PSDB escolheu, sob protestos, Ivon de Souza, e logo em seguida teve a convenção anulada por conta de uma decisão judicial. A briga foi entre os integrantes do próprio partido, o ex-presidente do PSDB, Carlos Alberto Fernandes Júnior afirma que o “Ivon tentou ser o dono do partido” (Sic!) e que a escolha não ocorreu de maneira democrática. De forma “democrática” ou não, a resposta veio do PSDB nacional que confirmou o coronel Ivon como candidato a prefeito pelo partido, junto ao micro empresário Eduardo de Souza, do PTB, como candidato a vice-prefeito.

O PSD elegeu Camilo Martins Pagani, filho do vereador Nazareno Martins, com o vice Nilson João Espíndola, também do PSD. Toninho Pagani, presidente do PP, que foi lançado candidato a prefeito na convenção do partido, desistiu da candidatura para apoiar Camilo. O candidato do PSD também recebe o apoio do Zé Pagani, presidente do PDT.

Ronério Heiderscheidt (PMDB) prefeito de Palhoça, se sentiu traído após a derrota de seu candidato Lúcio Matos (empresário da rede de supermercados Rosa) que perdeu por 2 votos de diferença na convenção do partido. Ari Leonel Filho (Arizinho) teve 28 votos, Lúcio 26, e 1 voto em branco. Ronério acredita ter tido seu projeto político rompido e ameaçado (menos mal). Vale lembrar que Lúcio Matos se filiou ao PMDB em agosto de 2011 e Arizinho era secretário de saúde do prefeito Ronério. Diante do desespero Ronério afirmou em seu twitter que “quem perdeu foi o PMDB de Palhoça” (Sic!) e ainda que sairia do PMDB, já no dia 02 do corrente mês, fato que ainda não ocorreu. Arizinho tem como vice o Padre Sandro do PT, e ainda contam com o apoio do vereador Nirdo Artur da Luz, o conhecido Pitanta, presidente do DEM, que recuou de seu propósito de ser candidato a prefeito e resolveu apoiar a coligação PMDB/PT. Vale lembrar que o Ronério foi alvo de muitas críticas do Pitanta.

Estes são os candidatos a prefeito de Palhoça. Já que estão assumindo essa responsabilidade, é preciso que o candidato eleito administre Palhoça para além de flores e pinturas. Precisamos de professores bem remunerados, que não precisem paralisar as aulas para mendigar um salário decente. Precisamos de unidades de saúde com equipe de profissionais suficientes para que atuem eficientemente no atendimento dos pacientes, mais do que isso, nosso município com pouco mais de 137 mil habitantes carece urgentemente de um Hospital público, não só estrutura física, mas com equipe técnica necessária para viabilizar atendimento de qualidade aos palhocenses. Precisamos de eficiência e articulação nos serviços socioassistenciais, assistência social não é brincadeira, o secretário que vier a assumir a pasta deve ter conhecimento da política nacional de assistência social, para que, ao invés ficar respondendo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) por incompetência, realize um trabalho condizente com o que é proposto legalmente. Para além de mulher de político que precisa de um cabide de emprego, precisamos ter gestores competentes para trabalhar em prol da efetivação, com a devida qualidade, das políticas públicas. Para que possamos enfim romper impiedosamente com essa insígnia de fazer uso da máquina pública em detrimento dos munícipes.

Aliás, já que o Ronério não deu conta, o próximo prefeito poderia agilizar as obras ali na geral da Ponte do Imaruim, que está muito feio né? O asfalto na Avenida Pagani, que está um absurdo, e o pior é que fica bem do lado da prefeitura (até o prefeito deve ver), e o Bairro Caminho Novo então? Ali na entrada do Furadinho, aquelas lajotas foram tiradas faz um bom tempo, e nada de arrumarem, ali não passam dois carros juntos, um tem que dar a vez para o outro passar. Algum bairro de Palhoça tem uma ciclovia descente?  É um verdadeiro absurdo! Mas, tem mais, muito mais.

 

PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira

PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro

PDT – Partido Democrático Trabalhista

PTB – Partido Trabalhista Brasileiro

PSD – Partido Social Democrático

DEM – Democratas

PP – Partido Progressista

PT – Partido dos Trabalhadores

 

Foto: Lidiane Ramos Leal.

 

 

 

 

 

 

 

1 COMENTÁRIO

  1. Olá Lidiane, obrigada pelas informações, estava muito curiosa para saber os candidatos a prefeito de Palhoça e decidir meu voto.

    Bom o que tenho a contribuir a esse texto é que nosso atual prefeito colocou que mais ou menos assim: até o final de meu mandato, não será encontrada nenhuma rua não pavimentada (calçada) em Palhoça. Mas do que uma fala furada de político, que estamos muito acostumados a escutar, coloco minhas angústias aqui quanto as comunidades de Palhoça que, além de não terem ruas apropriadas, ainda se quer recebe transporte público decente, destaco duas: Guarda do Cubatão (Rua da Saibrita e Três Barras (Palhoça.

    Coloco também alguns temas, além dos citados, para que a população leve em conta na hora de votar é a questão ambiental (nossas matas e praias por exemplo), totalmente abandonado em Palhoça. A questão da compra disfarçada de votos – se você recebe algo em troca pelo seu voto, vc está sendo comprado e está votando numj político corrupto.

    Bom, obrigada pelo espaço de discussão!
    E parabéns pelo seu trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.