9 anos sem Rachel Corrie

Rachel Aliene Corrie (10 de abril de 1979 – 16 de março de 2003) foi uma estudante e voluntária americana, membro do International Solidarity Movement (ISM). Aluna do Evergreen State College, ela decidira interromper seus estudos para passar um ano na Faixa de Gaza.

Rachel morreu durante a Intifada de Al-Aqsa, em Rafah, perto da fronteira de Gaza com o Egito, depois de ser esmagada por uma escavadeira das Forças Armadas de Israel. Juntamente com outros ativistas americanos e europeus, ela tentava impedir as quase diárias demolições realizadas pelas forças israelenses na cidade. O Tzahal alegou que a morte de Rachel foi um acidente, pois o condutor da máquina (uma Caterpillar D9) não conseguiu vê-la. Os manifestantes contestam essa versão. “Nós gritamos e agitamos os braços para o condutor. Até tínhamos um megafone. Mas a escavadeira continuou em marcha até passar por cima dela” – disse uma das testemunhas, o ativista britânico Tom Dale.

(…) A Anistia Internacional exigiu uma investigação independente sobre as circunstâncias da morte de Rachel, lembrando que “o exército israelense destruiu mais de 3.000 lares palestinos nos territórios ocupados, além de extensas áreas de plantações, propriedades públicas e privadas e infraestrutura de abastecimento d’água e eletricidade em zonas urbanas e rurais. As motoniveladoras usadas para as demolições mataram civis palestinos, mas até agora nenhuma investigação cuidadosa foi feita.

Em memória de Rachel, um dos barcos da coalizão de ONG Free Gaza foi denominado MV Rachel Corrie. O Rachel Corrie deveria ter liderado a Flotilha da Liberdade, interceptada pelas forças israelenses em 31 de maio de 2010, mas se atrasou por problemas técnicos.

Fonte: wikipedia

[stream provider=youtube flv=http%3A//www.youtube.com/watch%3Fv%3DKSCWLzEJ_Ic img=x:/img.youtube.com/vi/KSCWLzEJ_Ic/0.jpg embed=false share=false width=600 height=360 dock=true controlbar=over bandwidth=high autostart=false /]

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.