Ricos do Morumbi querem erguer muro na divisa com o novo parque Paraisópolis

A comunidade de Paraisópolis na região do Morumbi, em São Paulo (Arquivo)

Moradores do Morumbi, bairro de classe alta na zona sul de São Paulo, pediram permissão à Prefeitura para construir um muro de três metros ao longo da divisa do futuro Parque Paraisópolis, que irá ocupar 68.150 m² de área verde, entre a favela de Paraisópolis e casas de alto padrão do bairro. Além disso, os moradores do Morumbi querem que o parque tenha apenas uma entrada – por uma rua de Paraisópolis. As informações são do G1.

O presidente da União de Moradores e do Comércio de Paraisópolis, Gilson Rodrigues, disse que a comunidade pleiteia a abertura do parque há mais de 10 anos, a fim de oferecer alguma área pública de lazer à segunda maior favela de São Paulo, que tem mais de 100 mil habitantes.

Por sua vez, a Associação dos Amigos do Jardim Vitória Régia enviou uma carta no final de junho ao secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente, Eduardo de Castro, para reivindicar, entre outras coisas, “cercamento de todo o entorno do parque, com um único acesso pela Rua Silveira Sampaio (em Paraisópolis), eliminando o acesso pela Rua Dona Maria Mesquita de Mota e Silva”, além da “permissão de eventual construção de um muro de 3 metros de altura ao longo da divisa, acompanhando o gradil”.

Ao G1, a Prefeitura disse que ainda não analisou os pedidos da associação.

Fonte: Conversa Afiada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.