OMS diz que pandemia não está controlada; mortes no Brasil já são quase 70 mil

Em 24 horas, foram confirmados mais de 1.2 mil óbitos e 42 mil novos caos da doença no país

Foto: Reprodução

Por Nara Lacerda.

O número de brasileiros mortos por causa da pandemia do novo coronavírus até ontem, quinta-feira (9) chegou a 69.184, segundo dados do Conselho Nacional de Secretarias de Saúde (Conass). Somente nas 24 horas entre quarta (8) e quinta-feira (9), foram registrados 1.220 óbitos e 42.619 novos casos. No dia 4/07, o país completou três semanas consecutivas com mais de 7 mil casos fatais registrados.

Até agora, o registro oficial de contaminações relata 1.775.779 brasileiros infectados desde que o vírus chegou ao país, em fevereiro. A velocidade no aumento do número de pessoas que contraíram o vírus é cada vez maior. Entre a última semana de maio e a primeira de junho foram registrados 174.406 novos casos, por exemplo. Cerca de um mês depois, entre os dias 28/06 e 04/07, foram 263.337 infecções.

Houve aumento de casos e mortes em todas as unidades da federação. São Paulo é o estado com maior volume absoluto de ocorrências, são 349.715 infectados e 17.118 óbitos. O Ceará é o segundo com mais contaminados, são 131 mil registros da doença e 6.741 pacientes que perderam a vida. O Rio de Janeiro é o terceiro em infecções, 128.324, mas é o segundo em casos fatais, com 11.1155 confirmações. O estado é também o que tem taxa de letalidade mais alta em todo o país. Enquanto a média nacional está em 3,9%, o índice no Rio chega a 8,7%.

Descontrole global

Em todo o mundo já foram registrados mais de 12 milhões de casos da doença. Estados Unidos e Brasil são os países com a maior quantidade de pessoas infectadas. Juntos somam mais de 4,8 milhões contaminações. Os dois países são também os que mais registram dados absolutos de mortes. São mais de 550 mil óbitos no mundo todo, cerca de 200 mil foram confirmados nas duas nações.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, mais da metade dos casos globais foram confirmados nas últimas seis semanas. O dado indica que o ritmo da pandemia segue acelerado. O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou nesta quinta-feira (9) que o vírus está fora de controle na maior parte do mundo.

“A pandemia da Covid-19 não deixou nenhum país intocado. Ela humilhou todos nós.”

O que é o novo coronavírus?

Trata-se de uma extensa família de vírus causadores de doenças tanto em animais como em humanos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em humanos, os vários tipos de vírus podem provocar infecções respiratórias que vão de resfriados comuns, como a síndrome respiratório do Oriente Médio (MERS), a crises mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda severa (SRAS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença covid-19.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

Edição: Rodrigo Chagas.

Fonte: Brasil de Fato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.