Última composição de Ennio Morricone homenageia vítimas de desabamento na Itália

Da Agência Ansa.

A última composição deixada pelo maestro italiano Ennio Morricone, que morreu nesta segunda-feira, 6, aos 91 anos, é uma música de orquestra dedicada às 43 vítimas do desabamento da Ponte Morandi, ocorrido em agosto de 2018, em Gênova.

A composição se chama Tante Pietre a Ricordare (Muitas Pedras para Lembrar, em tradução livre) e será executada na noite anterior à inauguração da nova ponte, prevista para o fim de julho, pela Orquestra do Teatro Carlo Felice, de Gênova.

A música tem quatro minutos de duração e é a última partitura concluída pelo maestro, que é autor de inesquecíveis trilhas sonoras para o cinema e vencedor de duas estatuetas no Oscar, incluindo uma pelo conjunto de sua obra.

O músico e compositor morreu em uma clínica de Roma, capital da Itália, devido às consequências de uma queda. A família anunciou que o funeral será fechado ao público, “no respeito ao sentimento de humildade que sempre inspirou os atos de sua existência”.

(…)

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.