NOTA DE PESAR: O Instituto Kaingáng vem à público, manifestar o devido pesar pela morte de Ronaldo Inácio Claudino, Cacique da Terra Indígena Serrinha (RS)

O Instituto Kaingáng vem à público, manifestar o devido pesar pela morte de Ronaldo Inácio Claudino, Cacique da Terra Indígena Serrinha (RS), e prestar nesse momento, as condolências a todos os familiares, parentes e moradores da Aldeia Serrinha.

Foto: Reprodução Ponto de Cultura Kanhgág Jãre

O Instituto Kaingáng vem à público, manifestar o devido pesar pela morte de Ronaldo Inácio Claudino, Cacique da Terra Indígena Serrinha (RS), e prestar nesse momento, as condolências a todos os familiares, parentes e moradores da Aldeia Serrinha. A morte do cacique é uma perda que alcança toda a Comunidade Indígena Kaingáng e entristece aos Povos Indígenas Brasileiros que tem enfrentado o avanço da Pandemia da Covid-19 em seus territórios e que fez nesta sexta, 03 de julho, mais uma vítima fatal, o cacique Ronaldo Inácio Claudino. Lamentamos por essa notícia e reiteramos nossos sentimentos á todos os envolvidos nessa hora de dor. Nossos sentimentos e apoio.
Instituto Kaingáng

O Conselho Indigenista Missionário – Regional Sul

O Conselho Indigenista Missionário – Regional Sul, manifesta seu pesar e sua solidariedade aos familiares do cacique Roni e ao Povo Kaingang, neste momento de tristeza e dor. Roni foi mais um cacique levado pela pandemia. Segundo dados da Apib – Articulação Nacional dos Povos Indigenas do Brasil, morreram mais de 400 indigenas e quase 11 mil foram afetados pelo Covid 19. Uma doença estrangeira, como tantas que foram trazidas para destruir os povos originários no Brasil ao longo dos anos. Muitos brancos, além do preconceito, do racismo e de tantas outras violências praticadas, continuam, no dia a dia, impondo e disseminando seu ódio e suas doenças. Que Tupé acolha o Cacique Roni nessa sua passagem e que conforte seu povo e o alimente de esperança, sonho e coragem no enfrentamento dos desafios que ainda terão pela frente. Que Tupé fortaleça, a cada um e cada uma, na trajetória de vida pela construção dos caminhos do Bem Viver a todos. Chapecó, 04 de julho de 2020. Cimi Sul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.