O dia em que o arco-íris global ocupou a Avenida Paulista sem Parada do Orgulho LGBT

Parada LGBT aconteceu à distância e online pela primeira vez neste domingo (14), devido à pandemia do novo coronavírus.

Global Rainbow. Foto: Divulgação

Cerca de 3 milhões de pessoas deixaram de ocupar a Avenida Paulista neste domingo (14) e celebraram o orgulho de ser LGBT de dentro de suas casas. Ao invés disso, o silêncio e um árco-íris gigante feito de luzes iluminou a avenida.

Batizada de Global Rainbow, a instalação idealizada pela artista porto-riquenha Yvette Mattern foi exibida pela primeira vez no Brasil das 19h às 22h. Evitando aglomerações devido à pandemia da covid-19, o público pode acompanhar das janelas e sacadas de suas casas e apartamentos a apresentação.

“E ser usado em um dia tão importante, para chamar a atenção do mundo sobre a importância do respeito e da igualdade, que ajudam a construir um mundo melhor, é motivo de grande orgulho para mim”, disse a artista, em comunicado. “Que essa mensagem fique não apenas para este domingo, mas para todos os dias do ano”.

Canhões de luz foram instalados no alto de um prédio na região do Paraíso, que ficaram propositalmente virados para a Rua da Consolação, para cobrir toda a extensão da Avenida Paulista vazia, sem a Parada LGBT. A ação contou com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

O equipamento usado pela artista emite raios em 7 cores diferentes, com visibilidade de até 60 km de distância. As luzes se acenderam por 15 minutos e ficaram 5 apagadas, alternadamente. 

Leia a matéria completa no Huff Post.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.