Fome mundial pode dobrar por conta da pandemia do novo coronavírus, diz ONU

Relatório publicado nesta terça-feira aponta que insegurança alimentar poderá atingir 265 milhões de pessoas por conta da pandemia da covid-19.

Foto: Flickr

A pandemia do novo coronavírus pode aumentar em duas vezes a fome mundial levando cerca de 265 milhões de pessoas à situação de insegurança alimentar aguda, afirmaram a Organização das Nações Unidas e a Organização para Alimentação e Agricultura em relatório publicado nesta terça-feira (21/04).

Segundo os organismos multilaterais, a pandemia da covid-19 pode dobrar o número de 130 milhões de pessoas registradas em situação de fome no ano passado.

“A covid-19 é potencialmente catastrófica para milhões que já estão à beira da fome. É um golpe duro para milhões que só podem comer se ganharem um pouco”, disse Arif Husain, economista chefe do Programa Alimentar Mundial ao jornal The Guardian.

Segundo Husain, “o isolamento e a recessão econômica global já dizimaram muitas de suas chances e só resta mais um choque, como a covid-19, para empurrá-las para o abismo”.

Para o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, o relatório deve ser um chamado para agir contra a fome e a desnutrição.

“Nesses tempos de desafios globais, de conflitos e de choques na estabilidade econômica, nós devemos redobrar nossos esforços para derrotar a fome e a desnutrição. Nós temos as ferramentas e o conhecimentos necessários. O que nós precisamos é de vontade política e comprometimento dos líderes das nações”, afirmou.

O relatório estima que seriam necessários 350 milhões de dólares de auxílio financeiro para evitar que a fome mundial atingisse esses patamares durante a pandemia.

O estudo da ONU ainda critica cortes em direitos trabalhistas e medidas protecionistas que atingiriam diretamente os trabalhadores e o preços dos alimentos, contribuindo para um cenário de insegurança alimentar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.