Cidade instala ‘assento de pênis’ no metrô pra chamar a atenção para o assédio sexual

2017-03-31 11:31

10

Uma recente pesquisa feita pelo governo mexicano apontou que 65% das mulheres que vivem na Cidade do México já foram assediadas sexualmente nos ônibus ou trens da cidade.

Outro dado assustador levantado pela pesquisa é o de que nove em cada dez mulheres, também da Cidade do México, já foram vítimas de algum tipo de violência sexual. Com estas informações na mão, o metrô da cidade resolveu agir, e criou a #NoEsDeHombres, uma campanha contra o assédio sexual.

E uma das principais ações desenvolvidas para a conscientização da violência diária sofrida pelas mulheres no transporte público foi o “assento de pênis”, instalado num dos vagões do metrô, onde somente homens eram permitidos sentar.

Alguns homens chegam a sentar no assento “especial” mas, desconfortáveis, levantam rapidinho. “É chato viajar dessa maneira, mas nem se compara com a violência sexual que as mulheres sofrem em seus traslados diários”, diz o cartaz no chão do assento.

Fonte: Hypeness.

Deixe uma resposta