101 eufemismos do glossário neoliberal

Foto: Snapwire

O escritor e jornalista José Steinsleger organizou um breve glossário no qual disseca o neoliberalismo, a partir da visão subentendida por trás de cada jargão utilizado, publicado por La Jornada, 15-08-2018. A tradução é do Cepat.

Eis o glossário.

A

Ajustado ao direito: justiça sob medida.

Alternância: marketing eleitoral.

Aberturismo: destruição do mercado interno.

Assimetria: lei de ferro das oligarquias.

Ajuda: esmola.

B

Banco: templo para fiéis preferenciais.

Banco offshore: antro de piratas de terno e gravata.

C

Cesta básica: consumo utópico.

Capital produtivo: anacronismo.

Capital financeiro: especulação.

Capitalismo moderno: saqueio.

Carenciado: pobre.

Carta Democrática da OEA: intervencionismo legalizado.

Carta da ONU: antigualha histórica.

Cidadão: consumidor.

Concorrência: colocar preço ao que não tem.

Comunicação: mercado da indústria informática.

Comunidade internacional: Estados Unidos.

Conflito de interesse: corrupção.

Conflitividade social: luta de classes.

Crescimento econômico: desenvolvimento excludente.

Crime organizadoanarcocapitalismo.

Crise: adrenalina financeira.

Cultura: divertimento.

Criança de Rua: homicida em formação.

D

Danos colaterais: massacre de civis.

Defesa do meio ambiente: piada de mau gosto.

Democracia moderna: ditadura corporativa-policial.

Direitos sociais: empecilho econômico.

Esbanjamento: distribuição justa do ingresso.

Desenvolvimento sustentável: empobrecimento sustentado.

Dívida: obrigação do pobre, ou negociação do rico.

Dívida externa: chantagem financeira.

Diálogo: dar atole.

E

Economia: disciplina pseudocientífica.

Economia de mercado: bolchevismo financeiro.

Economia emergente: neocolonialismo moderno.

Eixo do mal: integrado por todos os países, com exceção dos Estados Unidos e Telavive.

Emprego: utopia.

Endividamento: capacidade para contrair mais dívida.

Enriquecimento ilícito: pilhagem dos fundos públicos.

Ética: dignidade negociável.

Excessos: tortura.

Empreiteiro em conflitos bélicos: mercenário.

Esquerda moderna: direita ambidestra.

F

Fascista: qualquer líder popular e anti-imperialista.

Flexibilidade trabalhista: escravidão pós-moderna.

Fraternidade: sentimentalismo.

Fundamentalismo: aplica-se ao árabe, preferivelmente.

G

Generosidade: arcaísmo.

Gente: povo.

H

Hitler: vocábulo político multiuso.

I

Iniquidade: desigualdade.

Independência: privilégio do mais forte.

Informação: transmissão de dados descontextualizados.

Inserção no mundo: cessão de soberania.

Internauta: alienado voluntário.

Informalidade trabalhista: desemprego programado.

Investimento: capital especulativo.

L

Liberalismo: impostura ideológica.

Liberdade: atole liberal.

Liberdade de expressão: arbitrariedade midiática.

Livre-pensador: direitista vergonhoso.

Livre comércio: algo que nunca existiu.

Luta contra a pobreza: viver do conto.

M

Maquila: exploração trabalhista.

Mercado: terreno de caça.

Meritocracia: casta de ineptos, com diploma e medalha de ouro.

Messias: dirigente popular que fala com clareza.

Modernização: homogeneização.

Moral: árvore que dá moras.

N

Narcotráfico: acumulação primitiva pós-moderna.

Natureza: novo Eldorado.

O

Oportunidade: cenoura.

P

País: mercado.

Pátria: shopping center.

Pragmatismo: amoralidade.

Pluralismo: simulação.

Pobreza: fatalidade.

Pobreza extrema: indigência hard.

Pobreza relativa: indigência light.

Poder Judiciário: anacronismo republicano.

Poder Legislativo: espaço para transar no escurinho.

Populismo: aplica-se ao politicamente distinto do status quo.

Pós-verdade: mentira arrazoada.

Privatização da guerra: negócio com rentabilidade garantida.

Progresso: depredação do meio ambiente.

Prosperidade: crescimento excludente.

Protecionismo: defesa do mercado interno.

R

Realismo: inescrupulosidade.

Regime: aplica-se a qualquer governo que não obedeça a Washington.

Relato: tergiversação como uma realidade.

S

Setores sociaisclasses sociais.

Segurança: vigilância invasiva.

Solidariedade: anacronismo.

T

Trabalho: ocupação economicamente retribuída, se Deus quiser.

Transparência: opacidade legal.

Terrorismo: recurso natural do capitalismo selvagem.

Terrorismo mundial: medo programado em Washington e Telavive.

W

Wall Street: templo maior da civilização ocidental.

Z

Zona de livre comércio: enclave neocolonial

Observação: o glossário permanece aberto. Faltam vocábulos que comecem com as letras J, K, Q, U e V. Propostas serão bem-vindas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.